BRASIL

Imprudência provoca tragédia Duas pessoas morrem em acidente em São Bernardo do Campo provocado por um homem que participava de um "racha" e foi preso

Publicação: 11/01/2018 03:00

Em audiência de custódia, no final da manhã de ontem, a Justiça transformou a prisão em flagrante em preventiva do administrador de empresas André Micheletti, de 50 anos, motorista da Mercedez Benz que provocou o acidente que deixou dois mortos e sete feridos, entre eles quatro crianças, na noite da última terça-feira, na Rodovia dos Imigrantes, em São Bernardo do Campo. Segundo testemunhas, André disputava um racha com outra pessoa, tambem dirigindo um carro de luxo (um Camaro), quando acertou por trás uma Ecosport.

Tanto o condutor da Mercedes Benz quanto da Ecosport, André Gonçalves, de 39 anos, estavam com a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) suspensa. Gonçalves sofreu fratura da coluna e está internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital de Clínicas de SBC. Testemunhas relataram à Polícia Civil que a Mercedes estava em alta velocidade. O condutor foi submetido a teste de bafômetro sendo afastada, no entanto, a possibilidade de embriaguez ao volante. Ele foi autuado por homídio qualificado, além dos crimes de lesão corporal.

Logo após a batida, a Ecosport pegou fogo e muitos motoristas que passavam pelo local pararam para ajudar. No acidente morreram a feirante Juliana do Carmo Gamarra, de 40 anos, e Vitória Alves Furnalleto, de 21 anos, que chegou a ser socorrida, mas após passar por exames morreu ao sofrer uma parada cardíaca. Entre os sete feridos estavam quatro crianças com idades entre um e cinco anos. Todos foram atendidos, inicialmente, no Hospital e Pronto Socorro da rede municipal de São Bernardo do Campo.

A criança de um ano teve problema pulmonar e foi transferida para o Hospital Mário Covas, em Santo André; um menino de três fraturou o fêmur e foi transferido para o Hospital Estadual Serraria, em Diadema; uma menina de cinco anos foi transferida para um hospital da rede conveniada São Cristóvão e um menino de um ano com sangramento no fígado foi levado para o Hospital São Paulo. Além delas e do motorista, ficou com ferimentos leves Wesley Júnior Gomes Bispo, de 21 anos, já liberado.