ECONOMIA

SãO MATEUS » Bens serão leiloados para quitar débitos

Publicação: 14/09/2017 03:00

Os ex-funcionários da empresa São Mateus podem ter uma esperança de recuperar os direitos trabalhistas. O Juiz da 30ª Vara Cível do Recife/PE determinou a realização do leilão dos ativos da empresa, que reúne imóvel e equipamentos do frigorífico, além da marca São Mateus. Juntos, os ativos pretendem reunir cerca de R$ 19 milhões. Pela ordem legal, paga-se primeiro o extraconcursal, R$ 3,2 milhões de dívidas que a empresa adquiriu quando estava em recuperação judicial. Em seguida, quitam-se os credores trabalhistas: R$ 17,1 milhões para 1.135 ex-funcionários. A dívida total é de R$ 192 milhões.

A administradora judicial da falência da São Mateus, Camila Oliveira, da Time Avançado em Recuperação Judicial, afirma que ainda se investiga a inclusão de novos ativos dos sócios para serem incorporados aos ativos da empresa e entrarem no leilão. “O leilão vai oferecer o imóvel da fábrica, todo o maquinário produtivo, veículos, equipamentos de laboratório e de informática, além da marca São Mateus. Quem arrematar não herda as dívidas e consegue retomar as atividades”, pontuou.

O leilão será realizado de forma presencial e eletrônica em 1ª chamada no dia 27 de outubro, por lance igual ou superior ao valor da avaliação. A 2ª chamada será em 9 de novembro por lance não inferior a 60% para o imóvel e 50% para os móveis. A São Mateus entrou em recuperação judicial em 2011, e não conseguiu reverter o quadro negativo e teve falência decretada em 2015. Em 2010 a empresa faturou R$ 128,9 milhões e acumulava uma dívida de R$ 45 milhões.