ECONOMIA

Unimed anuncia novo hospital e aplicativo Empresa tem 210 mil clientes e está investindo para conquistar mais 60 mil nos próximos cinco anos

ANDRÉ CLEMENTE
andre.clemente@diariodepernambuco.com.br

Publicação: 07/12/2017 03:00

O plano de saúde Unimed Recife vai entrar 2018 otimista. Em julho, entrega aos mais de 210 mil clientes um novo hospital, investimento de R$ 70 milhões e que dá base para o plano de aumento de clientes da cooperativa. A ideia é integrar 60 mil novas vidas ao sistema nos próximos cinco anos. Para facilitar para o cliente, ainda neste mês a empresa lança um aplicativo para smartphone que inicia com três funções básicas de serviços: o guia da rede credenciada, a carteirinha virtual e o pagamento de boletos (inclusive atrasados).

De acordo com o superintendente de maketing e negócios da Unimed Recife, Gustavo Araújo, o novo hospital aumentará em 150 o número de leitos e terá foco no atendimento a pediatria, obstetrícia e ginecologia. “A pediatria geralmente reúne consultas ou atendimentos de emergência sem grandes complexidades ou procedimentos cirúrgicos, que são de custos mais altos. Mas é uma decisão do grupo de cooperados por querer dar atenção ao atendimento ao cliente, que precisa desse serviço e hoje é muito difícil encontrar pediatria e afins”, afirmou.

A decisão, porém, também é estratégica. Investir na ampliação da rede de hospitais pode representar uma redução de 30% nos custos do grupo. “Fazer parcerias é importante porque você consegue atender mais gente e aumentar o serviço para o cliente. Mas os parceiros não são obrigados a terem nossa política de gestão de gastos e nem sempre têm margem de negociar os custos do atendimento ao nosso cliente. Ter a rede hospitalar própria, além de expandir, representa controle do sistema para operar com eficiência.”

Os hospitais do grupo Unimed, localizados na praça Chora Menino e na Rua José de Alencar, na Boa Vista, possuem certificações nacionais e internacionais, segundo o superintendente. “A ideia é que o molde dessas boas práticas já esteja presente no novo projeto, a ser entregue no meio do ano que vem. E vale destacar que todas essas certificações têm o foco no cliente, que é a prioridade da gestão”, reiterou.

“Ainda no atendimento, o aplicativo busca isso. Mais usabilidade e formas de o cliente ter tudo à mão. O que é importante é que o aplicativo tem função modular, ou seja, ele é flexível para receber novas funções e utilidades. A gente já busca novidades a serem incorporadas, como georreferenciamento com mapa e que possa indicar um caminho ao chamar um táxi ou um Uber, por exemplo”, detalhou.

A Unimed Recife é uma cooperativa formada por cerca de 2 mil médicos e uma cartela de 210 mil clientes em setembro de 2017, o que deve se manter até o fim do ano. A cooperativa deve fechar o ano com crescimento de 5% no comparativo com 2016. “Isso porque Pernambuco caiu quase 3% no setor de saúde suplementar”, compara. Atualmente, a rede possui mais de 2,6 mil funcionários (fora os médicos cooperados) e deve superar os 3 mil com a inauguração do novo hospital.