ECONOMIA

DIEESE » Cesta básica sobe 0,58% no Recife

Publicação: 07/12/2017 03:00

O valor dos itens da cesta básica caiu em novembro em 17 das 21 cidades, segundo o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos. As maiores quedas ocorreram no Rio de Janeiro (3,25%), Belém (2,26%) e Brasília (2,12%). As quatro altas registradas pela Pesquisa Nacional da Cesta Básica de Alimentos foram no Nordeste: Aracaju (0,21%), Maceió (0,44%), Recife (0,58%) e Natal (0,96%). De acordo com estimativa, o salário mínimo ideal deveria ser de R$ 3.731,39 para a compra da cesta e para as despesas essenciais de uma família de quatro pessoas. Esse valor equivale a 3,98 vezes o mínimo em vigor. Em igual mês de 2016, o ganho foi avaliado em R$ 3.940,41 ou 4,48 vezes o salário mínimo, que, naquela época, era de R$ 880.