MUNDO

Curtas

Publicação: 14/11/2017 03:00

Em Manila

 

Trump exibe cumplicidade com Rodrigo

 

Donald Trump exibiu ontem, em Manila, sua boa sintonia com Rodrigo Duterte, o polêmico presidente filipino que trava em seu país uma sangrenta guerra contra o tráfico de drogas e garante ter matado um homem a facadas, quando era adolescente. Esta é a última etapa da longa viagem do presidente norte-americano, que incluiu cinco países da Ásia. Sentados lado a lado, Trump, de 71, e Duterte, de 72, apareceram muito descontraídos, brincando no início de sua primeira reunião. “Somos aliados” dos EUA, “somos um importante aliado”, afirmou Duterte.  “Temos muito boas relações”, ressaltou Trump, nesse encontro realizado em paralelo à cúpula da Associação de Nações do Sudeste Asiático (Asean).

 

 

Somália

 

EUA: ataque aos jihadistas

 

Os Estados Unidos anunciaram ontem ter matado 40 jihadistas na Somália em cinco ataques perpetrados em quatro dias, contra militantes shebab ligados à Al-Qaeda e ao grupo Estado Islâmico (EI). Um porta-voz do Pentágono, coronel Rob Manning, informou que os ataques mataram “36 islamitas e quatro combatentes do EI”. O Comando África dos Estados Unidos (Africom) já havia informado quatro das cinco operações nos últimos dias. A primeira ocorreu na quinta-feira passada, 160 km a oeste de Mogadíscio, durante a qual morreram  “vários islamitas shebab”.