POLÍTICA

Protestos marcados para o domingo

Publicação: 19/05/2017 03:00

A convocação da Central Única dos Trabalhadores (CUT/PE) e dos movimentos sociais representados pela Frente Brasil Popular e pela Frente Povo Sem Medo visando intensificar a mobilização pela saída do presidente Michel Temer (PMDB) e em favor das “Diretas Já” deu certo, na opinião dos organizadores. Ontem, os manifestantes fizeram um ato na Praça do Derby. Após discursos contundentes e entoando gritos de guerra com “Fora Temer” e bater de panelas, os manifestantes saíram em passeata pela Avenida Conde da Boa Vista até a Rua da Aurora.

domingo
A orientação da CUT e dos movimentos sociais é permanecer em estado permanente de mobilização, conclamando as pessoas a saírem às ruas. Neste domingo, um novo ato batizado de “Fora Temer, não às reformas e Diretas Já” será realizado na Praça do Marco Zero, no Recife Antigo. De acordo com o presidente da CUT/PE, Carlos Veras, é preciso que Michel Temer deixe a Presidência do país e seus atos sejam revogados. “A Constituição Federal não permite impeachment sem crime, mas eles fizeram para retirar a presidente Dilma. Cerca de 70% do Congresso é investigado. Não vamos aceitar um golpe dentro do golpe com a eleição indireta”, afirmou.
Presente na manifestação, a professora aposentada Cristina Araújo avalia como fundamental a pressão popular. “Fomos às ruas e houve o impeachment de Collor. Vamos lutar pela saída de Temer”, afirmou. Para o policial federal e presidente da Central Pública, Frederico França, caberá ao povo eleger seu novo presidente. “Fora todos os corruptos. Se roubou não pode representar o país”, enfatizou. (Cláudia Eloi)