SUPERESPORTES

Luxa eleva o tom

Publicação: 19/06/2017 03:00

O técnico Vanderlei Luxemburgo preparou o grupo do Sport para uma decisão diante do Vitória. Sabia da importância de vencer. Perdeu e viu o time entrar na zona de rebaixamento. Subiu o tom na entrevista depois do jogo. Crítico, não poupou o elenco e disse que o grande problema do time não foi técnico ou tático, mas sim comportamental.

“Hoje (domingo) não encaixou em momento algum. Trabalhei muito essa partida como uma decisão. Era um jogo muito importante. Com a vitória, a gente sairia para nona colocação. Mas não fizemos um jogo decisivo. Não foi a maneira correta de jogar um jogo decisivo”, afirmou o treinador.

A derrota para o Vitória tem que ser encarada como um aprendizado, segundo o técnico. “Empatamos com o São Paulo e perdemos do Vitória. É uma situação incômoda. Essa é uma derrota que você volta para a casa e ninguém pode ir dormir sossegado. Todos aqui têm que encarar como aprendizado”, disse Luxemburgo.

Luxemburgo teve que explicar o posicionamento de Diego Souza na partida. No início, ele escalou o jogador aberto pela esquerda. No segundo tempo, com a saída de Fabrício e a entrada de Thomás, voltou a centralizar o camisa 87. O treinador afirmou que ainda está buscando o posicionamento ideal para o meia e para o time. “Estou descobrindo. Osvaldo chegou agora, assim como Thomás, Sander, Patrick. Não posso mandar o Diego embora. Tenho que aproveitar ele com os novos jogadores que chegaram aqui”, contou.
Saiba mais...
Fez por merecer