SUPERESPORTES

COPA DAS CONFEDERAÇÕES » Dois gols anulados pelo 'árbitro de vídeo'

Publicação: 19/06/2017 03:00

Os dois jogos da Copa das Confederações disputados ontem tiveram um fator em comum. Ambos tiveram um gol anulado pelo “árbitro de vídeo”, o recurso tecnológico que está sendo testado pela Fifa para confirmar ou anular lances capitais nas partidas. Os gols anulados foram marcados por Pepe, no empate entre Portugal e México por 2 a 2; e do chileno Vargas, na vitória do Chile por 2 a 0 sobre Camarões.

O lance no jogo de Portugal aconteceu aos 20 minutos do primeiro tempo, quando a partida estava empatada em 0 a 0. Cristiano Ronaldo acertou uma bomba no travessão, da entrada da área. Na sobra, Nani chutou cruzado, a bola desviou em Pepe, e balançou as redes. Porém, o gol foi anulado por impedimento, apontado pelo árbitro de vídeo. Os gols validados foram marcados por Quaresma e Cédric, para os portugueses, e Chicharito e Héctor Moreno, este último aos 46 do segundo tempo.

O gol anulado do Chile também aconteceu quando o placar estava intacto, no 0 a 0. Aos 45 minutos do primeiro tempo, Vargas recebeu belo passe nas costas da zaga e, aparentemente com o seu tronco na mesma linha do último defensor camaronês, tocou para marcar na saída de Ondoa. Porém, após comemoração irreverente dos jogadores chilenos, o gol acabou sendo anulado por meio dos árbitros de vídeo, que ao reverem o lance pela TV enxergaram impedimento de Vargas.

No segundo tempo, porém, o Chile encontrou os gols que lhe deram a vitória. Aos 35, Alexis Sánchez, que havia substituído Puch durante a etapa final, cruzou com precisão para Vidal cabecear para as redes e abrir o placar para o Chile. Aos 45, Vargas fez o segundo, que foi anulado, no primeiro momento, pelo assistente, mas confirmado depois pelo árbitro de vídeo. s

Hoje
12h     Austrália     x    Alemanha