SUPERESPORTES

RúSSIA 2018 » A dor italiana de ficar fora da Copa

Publicação: 14/11/2017 03:00

A seleção italiana ficará novamente fora de uma Copa do Mundo após 60 anos. Depois de perder o jogo de ida na repescagem europeia para a Suécia, por 1 a 0, a equipe pressionou, mas demonstrou uma notável incapacidade de criar. Empatou, assim, por 0 a 0, no estádio San Siro, em Milão, e não jogará o Mundial da Rússia.
E não se pode dizer que a histórica decepção seja fortuita. Depois de ser campeã mundial em 2006, na Alemanha, a Itália protagonizou vexames nas duas Copas seguidas: caiu na primeira fase tanto em 2010, na África do Sul, quanto em 2014, no Brasil.
Campeã mundial em 1934, 1938, 1982 e 2006, a Itália não ficava fora de uma Copa desde 1958. Será, ainda, apenas a terceira vez que não jogará a competição - a outra ocorrera na edição de estreia, em 1930. Já a Suécia, que disputará seu 12º Mundial, havia sido eliminada nas Eliminatórias em 2010 e 2014. E, coincidentemente, retorna a uma Copa quando seu principal astro, Zlatan Ibrahimovic, não está mais na equipe.