LOCAL

SERTÃO » Arcoverde promove a sétima edição da Caminhada do Forró

Publicação: 19/06/2017 03:00

Um dos eventos mais concorridos durante os festejos juninos no interior do estado, a Caminhada do Forró de Arcoverde passa a integrar o calendário cultural do município sertanejo. A sétima edição homenageará o músico Valdecir Vicente, sanfoneiro mais antigo da região.

A novidade deste ano será a parada em três pontos da cidade para saldar os santos juninos com entrega de bandeiras. Em cada um, ficará um poeta que homenageará Santo Antônio, São João e São Pedro. O cortejo seguirá até a apoteose no Centro Comercial de Arcoverde (Cecora), onde ocorre a feira no centro da cidade. O evento é promovido pelo Coletivo Cultural de Arcoverde.

A caminhada acontece no dia de São João, 24 de junho, a partir das 10h, com concentração no Bar Madeira de Lei, nas proximidades da Estação da Cultura. Nas três paradas, os poetas Diosmar Avelino, de Pesqueira; Túlio Araújo, de Sertânia; e as arcovedenses Cléa Camelo e Márcia Moura, farão louvações aos santos juninos. Os participantes serão recepcionados por grupos culturais como bacarmateiros, banda de pífano, brincantes de pernas de pau, bois, ursos e jaraguás, além de quadrilhas juninas. No palco, poetas, declamadores, aboiadores, atores e músicos farão perfomances ressaltando a defesa das tradições do ciclo junino da Região Nordeste.

Durante o dia de São João, o Cecora funcionará normalmente com estrutura montada para receber a caminhada. Segundo a organização do evento, haverá bares, barracas com comidas típicas, onde estarão sendo servidas as delícias juninas. Os participantes também contarão com esquema de segurança durante o percurso. Além do apoio da Polícia Militar, haverá paramédicos e ambulância.

A caminhada tem apoio da Prefeitura de Arcoverde, Fundarpe, Sesc, Grupo Socorristas Voluntários de Arcoverde e empresas. Toda a arte produzida para o evento foi do artista plástico Sebastião Rodrigues, que faz homenagem ao sanfoneiro Valdecir Vicente. Natural de Poção, Vadecir começou sua carreira em 1959, animando festas na Zona Rural de Pesqueira. Anos depois, foi morar e desenvolver seu trabalho em Arcoverde.