LOCAL

Cuidados na hora de começar a se mexer Não adianta exagerar nem pegar leve demais

Publicação: 13/01/2018 03:00

O início da prática de atividades requer cuidados mínimos. A precaução deve começar antes mesmo da escolha da modalidade, consultando médicos e profissionais de educação física. A primeira recomendação é mensurar como estão as taxas, a exemplo de colesterol e glicose, e também realizar exames cardiológicos. “Embora todos os exercícios sejam recomendados, nem todas as pessoas estão aptas a todos eles, mesmo os aeróbicos. Então, fazemos uma anamnese (entrevista) para orientar o tipo e a intensidade adequada para cada pessoa”, afirmou o coordenador da cardologia clínica do Real Hospital Português, Paulo Sérgio Oliveira.

A intensidade e o tipo de atividade adequados variam de acordo com o condicionamento físico e o histórico de saúde de cada pessoa. “Deve haver equilíbrio. Não adianta fazer um volume elevado de exercícios, que pode levar a lesões crônicas”, acrescenta o professor de educação física da Universidade Federal de Pernambuco, Eduardo Zapaterra Campos. Para atividades ao ar livre, é preciso se preocupar com os efeitos do sol. “Indicamos um protetor solar fator a partir de 50. Também indicadas roupas finas e claras”, detalhou o dermatologista do Hospital São Marcos da Rede D’Or São Luiz Marcos Miranda. O horário das 10h às 16h deve ser evitado.

A Organização Mundial da Saúde recomenda

Para crianças e adolescentes

60 minutos de atividade física moderada à intensa por dia

Para maiores de 18 anos
150 minutos de atividade física moderada por semana

Cuidados a tomar antes de iniciar a prática de uma atividade física
  • Realizar testes cardiovasculares: para avaliar o quanto o coração pode ser exigido durante esforço
  • Ir ao endocrinologista: para verificar as taxas bioqímicas comoglicose e colesterol
  • Procurar um profissional de educação física: para avaliar o percentual de gordura, massa magra, a força e a flexibilidade
  • Escolher uma atividade física semelhante ao seu objetivo: para evitar interrupções na prática e alcançar de forma mais fácil metas pessoais

Riscos à saúde de exercícios prescritos de forma incorreta
  • Quedas
  • Fraturas
  • Infarto
  • Fadiga muscular
  • Desvio postural
  • Lesões msuculares
  • Insônia
Atividades físicas mais praticadas no Brasil
  • Caminhada
  • Futebol
  • Fitness/Práticas de Academia
  • Musculação
O impacto no corpo
  • No coração: aumenta os ventrículos, que assim são capazes de bombear mais sangue
  • Músculos cardíacos: as células do coração aumentam de tamanho, deixando as paredes do coração mais espessas
  • Músculos dos membros: ganham mais vasos sanguíneos, facilitando a oxigenação
  • Sangue: há mais produção de óxidos nítrico, facilitando a irrigação
  • Células: Aumenta o número de mitocôndrias, responsáveis pela respiração celular
Três práticas integrativas para cuidar do corpo em 2018

Ioga

Conjunto de técnicas sistemáticas que visam o aprimoramento da consciência por meio da harmonização do corpo, da mente e do espírito
Onde atua: Auxilia na regulação das funções fisiológicas, reduzindo as respostas exageradas do sistema nervoso simpático e auxilia o sistema corporal inato a utilizar sua própria inteligência para curar-se ou ajudar no processo de cura

Lian Gong

É uma ginástica chinesa composta por uma série de 54 exercícios
Onde atua: Ajuda a prevenir e tratar de dores no corpo, nas articulações, tenossinovites (inflamações no tendão), doenças das vias respiratórias e disfunções dos órgãos internos

Pilates
Método de condicionamento físico e mental que proporciona o alongamento e a fortificação do corpo de forma integrada e individualizada.
Onde atua: Proporciona relaxamento, melhora a respiração, diminui o estresse, desenvolve consciência e equilíbrio corporal, melhora a coordenação motora e a mobilidade articular