LOCAL

Galo chega em plena forma aos 40 anos Cortejo do clube de máscaras fundado em 1978 terá significado especial neste sábado de Zé Pereira. Agremiação homenageia folclore e cultura de Pernambuco

Publicação: 10/02/2018 03:00

Viver de perto o fenômeno chamado Galo da Madrugada pode ser a melhor experiência carnavalesca de uma vida. Então, uma dica importante é chegar cedo, de preferência por volta das 7h, no Forte das Cinco Pontas, no Centro do Recife. Em frente ao monumento histórico, desfilam as melhores fantasias. O movimento tem críticas políticas, sociais, inúmeros personagens e muito humor. A concentração segue por cerca de duas horas, quando a diretoria do maior clube de máscaras do mundo promove a explosão de fogos que abre oficialmente o desfile.

O cortejo de seis quilômetros toma as ruas de pelo menos seis bairros da capital:  São José, Santo Antônio, Coelhos, Cabanga, Boa Vista e Recife Antigo. Neste ano serão seis carros alegóricos, passistas, bonecos gigantes de Enéas Freire, Galo da Madrugada, Homem da Meia-Noite e Francisco José, e pelo menos 38 artistas agitando a multidão, sobre 30 trios elétricos. A cantora mato-grossense Vanessa da Mata é a principal atração dos trios e toca pela primeira vez no Galo, por coincidência, no dia do aniversário dela.

A festa também traz destaques da cultura pernambucana como Maestro Spok, Maestro Forró e Almir Rouche, e convidados cativos como Fafá de Belém. Neste ano, o desfile traz o tema Galo 40 Anos, promovendo o folclore e a cultura de Pernambuco. O bloco, que comemora quatro décadas de funcação, se chama Clube de Máscaras O Galo da Madrugada porque, quando surgiu, tinha 75 foliões fantasiados de almas e usando máscaras.

O percurso é o mesmo desde 2011, quando a Rua da Concórdia saiu do roteiro. O desfile terá início às 9h na Travessa do Forte e terminará na Rua do Sol, às 18h30, passando, ao todo, por 14 ruas, praças e avenidas. Toda a imensidão de fantasias (80 destaques) e carros alegóricos vistos no Galo é produzida ao longo do ano pelo cenógrafo Ary Nóbrega e pelos carnavalescos Francisco Câmara e Anderson Gomes. Os elementos usados neste ano remetem à história do Galo, que nasceu em 23 de janeiro de 1978 e fará seu 41º desfile.

O primeiro carro do cortejo será Os Clarins e as Trombetas, com um total de 12 músicos que anunciarão a chegada do Galo. O carro Abre-Alas/Galo da Madrugada virá em seguida, com 12 fantasias, dando destaque para dez passistas e dois palhaços. O carro Carnavais do Passado será marcado pelas memórias das décadas de 1970 e 1980, com músicas, fotografias e vídeos. Nesta época, o cortejo do Galo ainda não tinha carros alegóricos e os foliões, de maneira espontânea, caracterizavam-se de pierrôs, colombinas, arlequins e melindrosas.

Neste ano, 5.047 policiais e bombeiros vão trabalhar no Galo, num aumento de 18% em relação a 2017. O efetivo estará nas ruas, em plataformas elevadas, em viaturas e a pé. Postos avançados foram montados nos dois Juizados do Folião (Estação Central do Metrô e Fórum Thomaz de Aquino), que contam com as polícias Civil e Científica.

O Expresso Galo vai dispor de 24 ônibus das 7h às 17h. Os passageiros que embarcarem no Plaza e no Tacaruna descerão na Avenida Martins de Barros, próximo ao cruzamento com a Ponte Giratória. Aqueles vindos do RioMar e do Shopping Recife desembarcarão no Cais de Santa Rita, em frente ao edifício Pier Maurício de Nassau. No metrô, a Linha Centro vai operar das 5h às 23h, com intervalos de cinco minutos na ida e na volta. Já a Sul operará das 5h às 23h, com intervalos de sete minutos. A Linha Diesel vai funcionar das 5h às 20h.

No quesito saúde e segurança, além de levar protetor solar e água, é importante não usar recipientes de vidro na festa. Esse material será recolhido pela PM. Também não se deve brincar com energia elétrica. Então, nada de lançar serpentina metálica na rede e fazer fotos com pau de selfie em pontos perigosos, como em cima de trios elétricos. Da mesma forma, não é seguro colocar enfeites em postes e na fiação elétrica, subir em postes e árvores próximas à mesma rede e jogar jatos d’água na fiação.

Roteiro do Galo no carnaval 2018
1. Travessa do Forte
2. Forte das Cinco Pontas
3. Rua Imperial (sentido Praça Sérgio Loreto)
4. Avenida Dantas Barreto (esquina com Praça Sérgio Loreto)
5. Praça Sérgio Loreto (sentido Av. Sul)
6. Avenida Sul (sentido Afogados)
7. Rua Saturnino de Brito (dobrando à direita para retornar pela Rua Imperial)
8. Rua Imperial (voltando para a Praça Sérgio Loreto)
9. Praça Sérgio Loreto (sentido Sede do Galo)
10. Rua do Muniz (sentido Av. Dantas Barreto)
11. Avenida Dantas Barreto (sentido Praça da Independência)
12. Praça da Independência
13. Avenida Guararapes (sentido Ponte Duarte Coelho)
14. Rua do Sol (sentido Praça da República)

Ordem de trios e alegorias

1 - Carro Alegórico Os Clarins e as Trombetas

2 - Carro Alegórico
  • Abre-alas
  • Estandarte do Galo
  • Bandeiras de Pernambuco
  • Bandeiras do Galo da Madrugada
3 - Orquestra Metais do Maestro Lima Neto e Dani Veroli

4 - Ala Galo 1978
Bonecos Gigantes: Enáes Freire, Galo da Madrugada, Homem da Meia Noite, Francisco José.

5 - Passistas de Frevo - Saltos Cia de Dança
  • Bonecos Gigantes: Alceu Valença, Jota Michiles, Ariano Suassuna, Chico Science, Carlos Fernando, Luiz Gonzaga
6 - Banda da Policia Militar de Pernambuco

7 - 15 Estandartes de Agremiações Convidadas

8 - Rei  Momo e rainha

9 - Frevioca 1

10 - Ala dos Cabeções

11 - Carro Alegórico Carnavais do Passado

12 - Frevioca 2

13 - Carro Alegórico Pernambuco de todos os Carnavais

14 - Orquestra Perfil

15 - Carro Alegórico Grandes Compositores

16 - Carro Alegórico
  • Galo no Brasil e no Mundo
  • Bandeiras de Pernambuco
  • Bandeiras do Galo da Madrugada
17 - Gustavo Travassos,  Fafá de Belém e Josildo Sá

18 - Almir Rouche

19 - Geraldinho Lins

20 - Asas da América

21 - Nena Queiroga, Luiza Possi,Monique Kessous,Mayra Andrade e Arthur Espindola

22 - Maestro Forro e Orquestra Popular da Bomba do Hemetério

23 - Orquestra 100% Mulher

24 - Som da Terra

25 - Elba Ramalho

26 - Andre Rio e Toni Garrido

27 - Gerlane Lops e Gabi amarantes

28 - Nono Germano e Zé Brown

29 - Spok e Vanessa da Mata

30 - Fulô do Mandacaru e Ed Carlos

31 - Marron Brasileiro

32 - Quinteto Violado

33 - Banda Luara

34 - Benil

35 - Trombonada

36 - Telmo Santiago

37 - Nadia Maia, Cristina Amaral e Gitana

38 - Junior Chumbado e família

39 - Banda Pinguim

40 - Fabiana Pimentinha e Michelle Melo