LOCAL

PINT OF SCIENCE » Um papo científico regado a cerveja

Publicação: 16/05/2018 09:00

Conversas sobre galáxias, “buracos de minhoca” e outros assuntos científicos, regadas a boas cervejas, estão atraindo atenções no Pint of Science, projeto iniciado na segunda-feira e que terá a última edição às 19h30 de hoje. Realizado pelas universidades Federal de Pernambuco e pela Federal Rural de Pernambuco, o evento acontece no bar Beerdock, no Pina, e na Cervejaria Laborada, no Espinheiro.

Físico com doutorado pela Universidade de Chicago e professor da UFPE, Bruno Geraldo Carneiro da Cunha abriu a primeira noite na Laborada com o tema As maiores explosões do universo. “O objetivo desse tipo de palestra é inspirar, mas sabendo que o que está sendo dito é verdade”, explicou. Para ele, este deveria ser o papel de quem educa: motivar a busca pelo conhecimento. “Isso requer treinamento”, disse.

Estudante de engenharia elétrica e entusiasta da astrofísica e da física quântica, Thereza Raquel Coimbra, 30 anos, questionou se buracos negros funcionam para atrair os corpos das galáxias, porque o universo está em expansão. Bruno respondeu que o efeito do que ocorre dentro das galáxias é ínfimo em relação ao universo como um todo.

O engenheiro civil Kerllyngton Freitas, 25, queria saber até que ponto se pode pensar numa viagem entre galáxias. Citando o filme Interestelar, Bruno respondeu que a possibilidade de uma viagem intergaláctica é muito pequena, mas não se pode dizer que não exista.