VIVER

Oswaldo Montenegro, o youtuber menestrel Inspirado na interação com os fãs pela internet, cantor criou o formato da turnê que apresenta no Recife

Fellipe Torres
fellipe.torres@diariodepernambuco.com.br

Publicação: 19/05/2017 03:00

O cantor e compositor Oswaldo Montenegro encontrou no YouTube, há alguns anos, um inestimável canal de comunicação com o público. No portal de vídeos ele publica filmes de ficção, rememora passagens da carreira, canta músicas pedidas pelos fãs. É uma maneira mais segmentada e interativa de manter contato com quem acompanha sua trajetória. “Antes, em qualquer veículo de comunicação de massa, o artista não sabia com quem ele estava falando. Hoje isso fica claro e a comunicação é imediata”, pondera. Segundo Montenegro, os seus três longas-metragens disponibilizados na web tiveram audiência superior às exibições no cinema. “Ao mesmo tempo, é uma época em que o artista não tem como se iludir, fica clara a adesão ou a rejeição do público àquele clipe ou àquele filme”, completa Oswaldo.

Inspirado na interação mediada pela internet, o artista criou o formato da nova turnê, Nossas histórias, cujo show será apresentado amanhã, a partir das 21h, no Teatro Guararapes. Os fatos marcantes da carreira são lembrados a partir do repertório, cujas músicas podem mudar a depender do público. “É como se as canções fossem faróis, placas na estrada, fazendo a gente se lembrar de coisa engraçadas e emocionantes daquele momento em que a música foi lançada. Como temos no palco uma banda de virtuoses que toca com a gente há muito tempo, eles estão preparados para qualquer mudança no roteiro”.

Munido de violão e piano, Oswaldo divide o palco com Madalena Salles (flauta e teclado), além de Alexandre Meu Rei (guitarra e baixo), Sérgio Chiavazzoli (bandolim, guitarra e violão) e Rodrigo Scofield (violão). A interpretação das canções, segundo ele, alterna momentos acústicos com outros mais pesados: “Fazemos essa variação porque isso caracterizou nossa carreira. A pancada rock and roll de Brasília sendo alternada com o barroco de Minas Gerais, onde morei na infância”. No repertório, canções como Bandolins, Lua e flor, Metade, Estrada nova, A lista, Intuição, Léo e Bia, Estrelas.

O cantor e compositor Oswaldo Montenegro encontrou no YouTube, há alguns anos, um inestimável canal de comunicação com o público. No portal de vídeos ele publica filmes de ficção, rememora passagens da carreira, canta músicas pedidas pelos fãs. É uma maneira mais segmentada e interativa de manter contato com quem acompanha sua trajetória. “Antes, em qualquer veículo de comunicação de massa, o artista não sabia com quem ele estava falando. Hoje isso fica claro e a comunicação é imediata”, pondera. Segundo Montenegro, os seus três longas-metragens disponibilizados na web tiveram audiência superior às exibições no cinema. “Ao mesmo tempo, é uma época em que o artista não tem como se iludir, fica clara a adesão ou a rejeição do público àquele clipe ou àquele filme”, completa Oswaldo.

Inspirado na interação mediada pela internet, o artista criou o formato da nova turnê, Nossas histórias, cujo show será apresentado amanhã, a partir das 21h, no Teatro Guararapes. Os fatos marcantes da carreira são lembrados a partir do repertório, cujas músicas podem mudar a depender do público. “É como se as canções fossem faróis, placas na estrada, fazendo a gente se lembrar de coisa engraçadas e emocionantes daquele momento em que a música foi lançada. Como temos no palco uma banda de virtuoses que toca com a gente há muito tempo, eles estão preparados para qualquer mudança no roteiro”.

Munido de violão e piano, Oswaldo divide o palco com Madalena Salles (flauta e teclado), além de Alexandre Meu Rei (guitarra e baixo), Sérgio Chiavazzoli (bandolim, guitarra e violão) e Rodrigo Scofield (violão). A interpretação das canções, segundo ele, alterna momentos acústicos com outros mais pesados: “Fazemos essa variação porque isso caracterizou nossa carreira. A pancada rock and roll de Brasília sendo alternada com o barroco de Minas Gerais, onde morei na infância”. No repertório, canções como Bandolins, Lua e flor, Metade, Estrada nova, A lista, Intuição, Léo e Bia, Estrelas.

Serviço

Oswaldo Montenegro em Nossas histórias
Quando: amanhã, às 21h
Onde: Teatro Guararapes (Centro de Convenções de Pernambuco - Avenida Professor Andrade Bezerra, s/n, Salgadinho, Olinda)
Quanto: plateia - R$ 154 e R$ 77 (meia), balcão - R$ 114 e R$ 57 (meia), à venda na bilheteria do teatro, na loja da Ticketfolia e no site www.eventim.com.br
Informações: 3182-8020

Oswaldo Montenegro em Nossas histórias
Quando: amanhã, às 21h
Onde: Teatro Guararapes (Centro de Convenções de Pernambuco - Avenida Professor Andrade Bezerra, s/n, Salgadinho, Olinda)
Quanto: plateia - R$ 154 e R$ 77 (meia), balcão - R$ 114 e R$ 57 (meia), à venda na bilheteria do teatro, na loja da Ticketfolia e no site www.eventim.com.br
Informações: 3182-8020