VIVER

telinha

Publicação: 14/11/2017 03:00

Super-humanos chegam com atraso

A semana será movimentada para fãs de produções da Marvel. Além do lançamento de O justiceiro, programado para sexta-feira na Netflix, a primeira temporada de Inumanos chega hoje ao Brasil. A estreia no país ocorre com certo atraso, visto que a produção foi lançada em setembro nos Estados Unidos. Para compensar a demora, o canal de TV por assinatura Sony exibe os três primeiros episódios da trama, a partir das 20h (horário de Recife).A produção acompanha uma família de super-humanos composta pelo rei Black Bolt (Anson Mount), a mulher Medusa (Serida Swan) e o irmão Maximus (Iwan Rheon), que vivem na cidade lunar de Attilan. Com oito episódios, a primeira temporada tem assinatura de Scott Buck, um dos responsáveis por Dexter e Roma. Apesar disso, o seriado não foi bem-recebido pela crítica norte-americana. O site Rotten Tomatoes registra 8% de aprovação entre os críticos.A audiência na televisão também foi inexpressiva. Cerca de 3,8 milhões de espectadores acompanharam ao primeiro episódio da produção. O número representa uma inferioridade em relação ao lançamento de Agents of S.H.I.E.L.D, que rendeu 12,2 milhões de pessoas em 2013. Diante do cenário pouco favorável, especula-se que a produção não seja renovada para uma nova temporada. A emissora norte-americana ABC ainda não se posicionou. O produtor-executivo Scott Buck afirmou, contudo, que a história tem potencial para mais desdobramentos. Roteiro, figurinos e texto são alguns dos alvos das críticas negativas feitas pelo público. Entre os pontos louváveis, estão as performances de Iwan Rheon e Anson Mount, os efeitos visuais e a cenografia, que oferecem uma atmosfera mais clara em comparação às produções sombrias da Marvel e da Netflix, como Jessica Jones, Luke Cage e Demolidor.

“A temporada será finalizada no final, mas também abre uma outra linha narrativa com potencial”
Scott Buck, produtor-executivo

JORNALISMO
Novidades de fim de ano

O SBT confirmou o retorno do SBT repórter à sua grade, a partir de 26 de novembro. Com apresentação de Carlos Nascimento e reportagem de Marcelo Torres, a atração vai tratar das perspectivas de diversos assuntos, como economia e política para o ano de 2018. A volta do programa faz parte do pacote de especiais de fim de ano da emissora de Silvio Santos. O último SBT repórter foi exibido em 12 de agosto de 2013 e teve apresentadores como Marília Gabriela e Hermano Henning.

Gonzaguinha e Belchior
O Recordar é TV revive os anos 1980 no Especial MPB, que vai ao ar às 20h30, na TV Brasil. A edição exibe shows de Belchior, Gonzaguinha e Benito di Paula.

Autoral
artistas direto do estúdio

Audioarena originals reúne artistas novos e consagrados em gravações em estúdio de São Paulo. A segunda temporada conta com Mahmundi, Tiê e Scalene. Hoje, às 18h, no Bis, o grupo Hover é o destaque.