VIVER

TELINHA » Créditos finais com data marcada para 2018

Fernanda Guerra
fernanda.guerra@diariodepernambuco.com.br

Publicação: 13/01/2018 03:00

“Agora é minha vez”. A fala de Claire Underwood (Robin Wright) conclui a quinta temporada de House of cards (Netflix), uma das séries que se despedem em 2018. Os novos episódios se concentrarão no auge dela, que assume a presidência dos EUA. Ainda sem data de estreia prevista, a produção chegará ao fim sem o protagonista Kevin Spacey, afastado após ser alvo de denúncias de assédio sexual nos bastidores e fora da produção. Lançado em 2013, o drama político foi a primeira série de sucesso mundial do serviço de streaming. Também concorreu a prêmios como o Emmy Awards e o Globo de Ouro, que antes só indicavam produções da TV tradicional.

Outras duas séries ambientas na política chegam ao fim. Com a veia cômica, Veep (HBO) é estrelada por Julia Louis-Dreyfus, eleita a Melhor Atriz de Séries de Humor no Emmy nos últimos cinco anos. Segundo o produtor-executivo David Mandel, a decisão pelo desfecho tem como objetivo evitar repetição narrativa. O canal confirmou o fim em setembro, mas ainda não há data definida para a estreia dos episódios derradeiros. Do “arsenal” de sucessos da produtora-executiva Shonda Rhimes (Grey’s anatomy, How to get away with murder), Scandal terminará no dia 23 de abril nos EUA - ainda não há previsão de exibição no Brasil, onde é transmitida pela Sony. A trama é estrelada por Kerry Washington, que vive Olivia Pope, ex-funcionária da Casa Branca.

The middle, série que começou em 2009, já está “perto do fim”. A primeira parte da nona e última temporada foi exibida no ano passado, mas a segunda será transmitida em 2018. A Warner Channel exibe o programa no Brasil, mas a nona segue inédita. O seriado acompanha uma família em crise. Estrelada por Zooey Deschanel, a sétima temporada será a última de New girl, transmitida no Brasil pela Fox Life. A produção musical Nashville será encerrada na sexta temporada. No Brasil, a quinta tem estreia prevista para fevereiro ou março de 2018. Também na lista de seriados que vão deixar saudades neste ano, estão o seriado cômico Love, cuja terceira temporada está prevista para março, e Sense8, que será encerrada com um telefilme. As primeiras imagens foram exibidas com exclusividade na Comic Con Experience, realizada em dezembro, em São Paulo.

BRASILEIRA
Prostituição com estratégias de marketing

O negócio foi a primeira série brasileira que se consolidou na grade da HBO. A produção, estrelada pelas atrizes Rafaela Mandelli, Juliana Schalch e Michelle Batista, retrata o universo da prostituição sob o olhar do marketing e discute o preconceito sofrido pelas profissionais e os direitos das mulheres. A produção narra a história de garotas de programa que se tornam empresárias do ramo. Todas as temporadas estão disponíveis na HBO GO. Ainda não há data definida para a estreia. A previsão era o segundo semestre do ano passado, mas não houve anúncio de lançamento. As filmagens ocorreram no ano passado, e o canal divulgou imagens.

GUERRA
Disputas pelo trono até 2019

Para quem esperava o desfecho de Game of thrones neste ano, a HBO anunciou que os episódios derradeiros só serão lançados em 2019. A série baseada nas obras de George RR Martin é a principal audiência do canal de TV por assinatura. O final da sétima temporada bateu recorde, registrando 12,1 milhões de telespectadores. O capítulo The dragon and the wolf (O dragão e o lobo) foi dirigido por Jeremy Podeswa com texto de David Benioff e D. B. Weiss. Os capítulos de encerramento das temporadas anteriores tiveram uma audiência de 3 milhões (Fogo e sangue, 1ª temporada), 4,2 milhões (Valar morghulis, 2ª temporada), 5,4 milhões (Mhysa, 3ª temporada), 7,1 milhões (As crianças, 4ª temporada) e 8,1 milhões (A misericórdia da mãe, 5ª temporada) de telespectadores totais, segundo o site TV by the numbers.

GUERRA FRIA
Sucesso de crítica e público

The americans foi cancelada há dois anos pelo canal FX, que anunciou duas temporadas para concluir os rumos da trama. A quinta, com 13 episódios, foi lançada no ano passado. A sexta e derradeira terá dez capítulos finais, com estreia marcada para 2018. Ambientada na Guerra Fria, a trama acompanha um casal de soviéticos infiltrado nos Estados Unidos. Embora não tenha levado nenhum prêmio em cerimônias como o Emmy e o Globo de Ouro, a produção é sucesso de crítica e público. A obra, criada por Joe Weisberg e Joel Fields - eles trabalham em nova série para o canal -, é protagonizada por Keri Russell e Matthew Rhys. As duas primeiras temporadas da produção estão disponíveis no catálogo da Netflix, enquanto as mais recentes estão no catálogo do Fox Premium.