GASTRÔ

Restaurant Week 2018 com menu orgânico Décima edição do festival começa nesta segunda-feira, desta vez com opções de almoço e jantar em 41 restaurantes

Marina Simões
marina.simoes@diariodepernambuco.com.br

Publicação: 12/05/2018 03:00

O Recife Restaurant Week chega ao décimo ano na capital pernambucana com tema voltado para a sustentabilidade. O festival estreia nesta segunda-feira em 41 restaurantes e explora produtos orgânicos, levantando debate para a importância dos alimentos livres de agrotóxicos. Os participantes também puderam aderir ao tema nacional sobre a Copa da Rússia, com pratos inspirados na gastronomia de países que estão na competição. “É uma oportunidade para provar novas combinações e conhecer as casas. A ideia dos orgânicos é incentivar o uso de produtos certificados. Preciso pensar no próximo, no planeta, no desmatamento e na nossa saúde”, explica o organizador Leonardo Barbosa.

O chef italiano Paolo Salvatori, do recém-inaugurado A Casa do Mar, em Brasília Teimosa, preparou menu com ingredientes orgânicos. A entrada é a Salada Avocado (abacate, laranja, tomate cereja, cebolas glaceadas e molho de manga), o principal é Filé de peixe na brasa com mousseline de raizes, tomates e batatas e brotos e, para sobremesa, a PannaCotta com frutas da estação. Outro novo estabelecimento, o Bottega Bastardi, estreia no festival com menu exclusivo no almoço. O chef Thiago Vitta deu toque brasileiro para técnicas italianas. Na entrada, o Tartar banana da terra com camarão ao curry e um principais é o Arroz de costela suína com beterraba e erva doce. “A qualidade dos legumes é superiores e o sabor fica mais concentrado. Além disso, incentivamos a economia e a agricultura familiar”, explica. Segundo o chef, a carne precisa ser cozida por 12h, junto com os legumes, desfiada e em seguida é adicionado o arroz. Ele também assina o menu do La Pecora Nera, onde reinventa clássicos italianos com o uso de orgânicos. Entre eles, o Tournedor de mignon ao molho de ostra, purê de inhame, pupunha na brasa e chips de batata doce.

A chef Luciana Sultanum assina o menu do Modigliani Bistrô, em Casa Forte, com opções para almoço e jantar. Ela destaca o Polpetone de gorgonzola e espaguete ao molho de tomate e manjericão ou o Filé de tilápia na manteiga de amêndoas e risoto de ervas. No Pátio Café & Cozinha, o menu é orgânico e leve. A entrada é o Tomate recheado com ricota e ervas com salada de rúcula, já o principal, o Filé de pescado no azeite de ervas sobre duo de purês de jerimum e batata doce. “Usamos um peixe, que não é de cativeiro, grelhado para combinar com os purês. Esses produtos são mais saborosos, porém o custo é alto em relação aos não-orgânicos”, aponta uma das sócias da casa, Fátima Assunção. Outro veterano do festival, o The Black Angus participa com menu no almoço e jantar. Como sugestões de entrada, o Terrine de pato com mousseline de banana e coco queimado e, para o principal, o Espaguete de legumes ao molho de ervas e bife de chorizo ao cappuccino, com parmentier de batata doce.

Já o Pomodoro, em Casa Forte, além de trabalhar os produtos orgânicos incluiu opções para atender o público vegano. A entrada, Arancino de Funghi frescos, são bolinho de risoto com mix de cogumelos orgânicos frescos e molho de tomate e azeitona. O prato principal é o Risoto Milanese (risoto italiano de açafrão da terra, coberto com cubos de abobrinha e berinjela assados ao forno e ervas orgânica); de sobremesa, a Pannacota com calda de frutas vermelhas da estação, todos assinados pelo chef Gabriel Theodozio. O Nez Bistrô, em Casa Forte, também aderiu aos orgânicos. Um dos destaques assinados pela chef Marcella Souto é a receita do Cheesecake Tropical (cheesecake de banana com calda de doce de leite e crocante de amêndoas).

COPA DO MUNDO

Alguns restaurantes do festival optaram por menu baseado na temática da Copa da Rússia. A chef Carla Chakrian, no Villa Foria, brincou com as nacionalidades e passeia pela Inglaterra, Japão, Espanha, Brasil, França, Alemanha e Brasil. Entre as receitas, a Tortinha inglesa (massa sablé com recheio de carne e vinho ao queijo fondue) como entrada e o prato principal Filé brasil (filé em cubos ao pesto de coentro cremoso e gratinado de queijo coalho com purê de jerimum e linguiça). Para a sobremesa, o alemão Strudell Berlim (massa crocante recheada de maçã caramelizadas e creme de baunilha). Funcionando apenas no jantar, o menu plus do restaurante Mirage, elaborado pelo chef Luciano Paulo, oferece o Espetinho russo (tomate, filé, pimentão verde e amarelo com molho cremoso azedo e farofa) e o brasileiro Mignon de carne de sol ao molho de cachaça, pimenta rosa com trilogia de batata doce e cubos de queijo coalho.

Valores
Menu Tradicional: R$ 45,90 (almoço) e R$ 55,90 (jantar)
Menu Plus: R$ 56 (almoço) e R$ 69 (jantar)
*R$ 1 de cada menu é revertido para o Núcleo
de Apoio à Criança com Câncer (NACC).

Participantes
  • Antica Roma II Tratoria e Pizzeria Italiana
  • Beijupirá Olinda
  • BottegaBastardi
  • Budhakan Cuisine
  • Ça Va Bistrô
  • Café Café Boa Viagem
  • Café Café Rosa e Silva
  • Capitão Lima
  • Casato Bistrô, Bar e Petiscaria
  • Castelus
  • Catamaran
  • Dom Ferreira Forneria
  • Douro In
  • Entre Amigos Praia
  • Fabbrique
  • Famiglia Giuliano
  • Fondue Casa Forte
  • Forneria 1121
  • Il Pastificio
  • Kisu
  • La PecoraNera
  • La Playa
  • Mar Restaurante
  • Mingus
  • Mirage Restaurante
  • Mocó da Villa Gourmand
  • Modigliani Bistrô
  • Nez Bistrô
  • Nippon
  • O Pátio Café & Cozinha
  • Oma Pâtisserie Bistrô
  • Pisco Lounge Bar
  • Pobre Juan
  • Pomodoro
  • Prima Deli Restaurante e Pizzaria
  • Reserva Restaurante
  • Solar do Douro
  • Tapa de Cuadril
  • The Black Angus Grand Cru
  • Villa Foria
  • YunikaKaiten Sushi