Fiat deve lançar Uno Fire Motorização do hatch deve ser mais simplificada e itens que antes eram de série, devem voltar a ser opcionais

Publicação: 09/06/2018 09:00

O Fiat Uno 2019 será basicão. Nada foi oficializado pela Fiat. No entanto, o jornalista Marlos Ney Vidal, do site Autos Segredos, apurou que a montadora adotará a estratégia de simplificar o compacto para que ele fique mais barato. Dessa forma, a motorização e a lista de equipamentos sofrerá alterações. Mecanicamente falando, o Uno deve voltar a usar o veterano motor 1.0 Fire, que tem potência na casa dos 73 cv e transmissão manual de cinco velocidades. O torque do propulsor, quando abastecido com gasolina, fica em torno de 9,5 kgfm a 3.850 rpm. Essa será a maior mudança do carro. Nas entrelinhas, o motor firefly dará adeus a linha.

Além disso, itens como como ar-condicionado e direção assistida de série voltarão a ser oferecidos na lista de opcionais. E a direção elétrica não fará mais parte do carro. Só será oferecida a opção hidráulica. No visual externo as mudanças devem ser sucintas.

Procurada, a assessoria de imprensa da montadora não desmentiu nem afirmou as informações.