Com identidade social e de gnero Escolha de Ldia Brunes, coordenadora estadual do MTST, para a chapa tem o intuito tambm de reforar a imagem plural do Pernambuco quer Mudar

SVIO GABRIEL
savio.gabriel@diariodepernambuco.com.br

Publicao: 08/08/2018 03:00

A coordenadora estadual do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST), Lídia Brunes (PROS), foi apresentada oficialmente ontem como segunda candidata ao Senado pela coligação Pernambuco Quer Mudar. Com isso, o bloco formado por PROS, Avante e PDT fechou oficialmente a chapa majoritária para as eleições deste ano. Com uma trajetória de 14 anos no MTST, a chegada da candidata deve aproximar o palanque de movimentos sociais espalhados pelo estado.