SUPERESPORTES

Valeu por tudo! Grafite anuncia saída definitiva do Santa Cruz, agradece ao torcedor, diz que vai continuar ajudando o clube e encaminha aposentadoria

Publicação: 23/01/2018 03:00

A passagem de Grafite como jogador do Santa Cruz chegou ao fim. E não foi como a torcida esperava. Vinte dias após renovar o contrato até dezembro de 2018, inclusive com direito a apresentação oficial e dois dias de treinamento no começo da pré-temporada, o centroavante foi às redes sociais ontem para se despedir do Tricolor. Em postagem no seu perfil do Instagram, o eterno camisa 23 colocou fim na sua passagem no Arruda e, também, na aposentadoria. Deixou no ar, também, a chance de ajudar o time fora de campo sem dar mais detalhes.

“Cheguei a conclusão que não conseguiria ajudar da maneira que o clube necessita e espera de mim. Penso que posso ser muito mais útil ajudando em algumas situações fora dos gramados”, disse. “Só tenho agradecer ao clube e a todos funcionários e profissionais em todas as áreas que ao longo destas quatro passagens sempre me ajudaram e estiveram ao meu lado em todos os momentos, bons e ruins”, acrescentou o atacante.

O contrato com o Tricolor foi desfeito amigavelmente. A possibilidade de o ídolo permanecer no clube como dirigente não está descartada. Apesar de ter tido uma temporada ruim em 2017, Grafite foi tratado pela nova diretoria do Santa Cruz e pelo técnico Júnior Rocha como peça fundamental para compor o elenco este ano. O jogador, contudo, demorou para oficializar a renovação contratual. Fato que se consumou apenas no dia 3 de janeiro.

Em seguida, após dias de treinamento, Grafite foi liberado pela diretoria para viajar ao Catar e tratar de assuntos pessoais. Pouco depois, não treinou mais pelo Tricolor. Situação que levantou questionamentos. Grafite, de 38 anos, teve quatro passagens pelo Santa Cruz iniciadas em 2001, 2002, 2015 e 2017. Conquistou um acesso à Série A em 2015, além do Campeonato Pernambucano e a Copa do Nordeste no mesmo ano.

A saída do Graffa23 repercurtiu no vestiário coral ontem. Os jogadores lamentaram a decisão do veterano atacante. “A gente sente bastante porque é um cara que iria contribuir muito. Um cara que tem uma qualidade acima da média, que tem uma história fantástica no futebol, uma história aqui dentro. Ele seria um dos pilares, um dos líderes. A gente sente bastante, fica triste por ele não poder nos ajudar nesse aspecto, mas como ele mesmo disse creio que ele vai ser muito importante em outras áreas do clube”, disse o lateral Paulo Henrique.
 
Retrospecto

Grafite no Santa Cruz  

 
2001
22 jogos    5 gols

2002
15 jogos    11 gols

2015
15 jogos    7 gols

2016
56 jogos    24 gols

2017
15 jogos    3 gols

Total
123 jogos    50 gols
 
Diretoria já pensa no substituto
 
Confirmada a saída de Grafite, a diretoria tricolor agora corre contra o tempo para conseguir um substituto. De acordo com o vice-presidente executivo, Tonico Araújo, a busca já começou. “Em relação ao próximo jogador, o presidente e a comissão técnica já estão buscando um que atenda as nossas necessidades, urgentes. A indefinição de Grafite atrapalhou um pouco”, afirmou o dirigente à Rádio Clube AM.

O dirigente aproveitou a oportunidade ainda para explicar os detalhes da saída do ídolo coral sem não descartar a possibilidade de ter Grafite ainda no Arruda. Mas em outra função. “Nós tivemos reunião ontem (domingo) e ele nos informou que não tinha mais interesse em jogar futebol e que a partir daquele instante era um ex-atleta. Nós não tínhamos outra alternativa a não ser agradecê-lo pelo empenho. Mostrou grande carinho pelo nosso clube, vai continuar ajudando o Santa fora das quatro linhas. Saiu muito emocionado da reunião”, explicou.