VIVER

CARNAVAL 2017 » Nos quatro cantos da folia Olinda divulga programação do carnaval com predominância de atrações pernambucanas, a exemplo das bandas Quinteto Violado, Eddie e Ave Sangria

Publicação: 21/02/2017 03:00

Banda Academia da Berlinda foi escalada para tocar na Terça-Feira Gorda, às 16h, no Polo Erasto Vasconcelos (Academia da Berlinda/Divulgação)
Banda Academia da Berlinda foi escalada para tocar na Terça-Feira Gorda, às 16h, no Polo Erasto Vasconcelos
Olinda divulgou a programação do carnaval da cidade a menos de três dias da festa - a abertura, com show de Alceu Valença, será na quinta-feira à noite, na sacada do prédio da prefeitura, após um cortejo inédito de maracatus, caboclinhos, orquestras e do Galo da Madrugada pelo Sítio Histórico (às 16h). A grade de apresentações é predominantemente ocupada por artistas pernambucanos, como Marron Brasileiro, Almir Rouche, André Rio, Ave Sangria, Academia da Berlinda, Eddie, Quinteto Violado, Siba, Fulô de Mandacaru.

A Prefeitura de Olinda também definiu dez polos para acomodar as apresentações na cidade: Bajado (na Vila Olímpica de Rio Doce), Erasto Vasconcelos (Sítio de Seu Reis), Luiz Adolpho (Fortim), Lula Gonzaga (Largo de Guadalupe), Maestro Duda de Olinda (Praça 12 de Março), Mestre Luiz de França (Varadouro), Selma do Coco (Carmo), Auristela Freire (Salgadinho), Saudando o Homem da Meia-Noite (Bonsucesso) e Infantil Palhaço Chocolate (Praça da Preguiça). O primeiro show tem início às 15h em cada polo e o último, às 22h30 (no máximo).

A organização também estabeleceu três polos descentralizados, localizados em comunidades: Xambá, Rio Doce e Comunitário do Passarinho. O polo gospel, instituído neste ano pela nova gestão da cidade, foi cancelado depois de sofrer críticas até de evangélicos. Outros espaços dá festa carnavalesca na Cidade Alta são o corredor da diversidade (ao longo da Rua 13 de Maio, com animação específica), o espaço Folia Cidadã (destinado a catadores e ambulantes cadastrados para atuar no período de Momo), e o “camarote acessibilidade”, no Carmo, a pessoas com deficiência.

O carnaval de Olinda de 2017 homenageia o percussionista pernambucano Erasto Vasconcelos, morto em 2016, e o presidente do bloco do Homem da Meia-Noite, Luiz Adolpho Alves. A principal novidade do formato em relação a anos anteriores é a abertura dinâmica, com cortejos até o show realizado na sede da prefeitura. Antes, a apresentação de Alceu Valença ocorria no palco do Fortim, na quinta-feira.

Destaques da programação

Quinta-feira

22h30 - Alceu Valença (na prefeitura)

Sexta-feira
22h30 - André Rio - (Carmo/Fortim)

Sábado

21h - Faringes da Paixão
22h - Alceu Valença (Rio Doce/Vila Olímpia)
17h - Eddie com Karina Buhr  
22h- Lamento Negro (Sítio de Seu Reis)
21h - Nádia Maia (Carmo/Fortim)
21h - Jorge Ribas
22h30 - D’Breck - (Largo do Guadalupe)
22h - Marrom Brasileiro (12 de Março)
22h - Fulô de Mandacaru (Varadouro)

Domingo

21h - Almir Rouche (Rio Doce)
22h- Silvério Pessoa (Carmo/Fortim)
22h - Maciel Salú  (Varadouro)

Segunda

21h - Rhudia (Sítio de Seu Reis)
21h30 - Maestro Oséas - 21h30
22h30 - Quinteto Violado (Carmo/Fortim)
22h30 - Patusco (Largo do Guadalupe)
18h - Cristina Amaral (12 de Março)
19h - Grupo Bongar
22h - Almério (Varadouro)

Terça-feira

16h - Academia da Berlinda
20h - Zé Cafofinho (Sítio de Seu Reis)
18h - J. Michilles
21h - Maestro Forró (Carmo/Fortim)
20h30 - Romero Ferro
22h - Nena Queiroga (Salgadinho)