DIARIO ECONôMICO » Sem imunidade

por Rochelli Dantas
rochelli.dantas@diariodepernambuco.com.br

Publicação: 01/08/2020 03:00

Parece que o Porto Digital não está imune à crise econômica. Muitas empresas do polo tecnológico estão sentindo impactos financeiros. As menores tendem a perder mercado para as maiores, que têm estrutura de prospecção de negócios, mas o impacto também chega para essas grandes. No Recife Antigo, onde está a maioria desses players, já é comum as placas de aluga-se nos prédios. É que muitas fecharam as portas, algumas aderiram 100% ao home office e outras estão reduzindo quadros. A Accenture é um caso emblemático. A empresa, uma das maiores de tecnologia em operação no estado, entregou salas alugadas em prédios do bairro e centraliza a operação apenas no escritório do Cais. Sinal da perda de receita para o Porto Digital. E de que a crise chega pra todos.
 
Home Office
O crescimento exponencial do home office durante o isolamento social provocou um aumento de 30% no e-commerce da Nagem, em comparação ao mesmo período de 2019. Isso demandou investimentos significativos em T.I. e logística.
 
Corretores // 60%
Durante a pandemia, a MRV percebeu um crescimento no credenciamento de corretores de imóveis autônomos. Em 60 dias, a empresa capacitou mais de 800 novos profissionais de forma virtual. Só em Pernambuco, a alta foi de cerca de 60%, passando de 80 para 130 profissionais.
 
Marca própria
Segundo dados da Nielsen, as marcas próprias do GPA cresceram 40% no período de isolamento social. Os itens que remetem às refeições no lar foram os que tiveram maior procura, com alta de 47% entre os meses de março e junho, comparados a 2019.
 
Novas unidades
Mesmo em tempos de crise, a Le Biscuit segue apostando na expansão dos negócios no país.Nacionalmente, a empresa investiu R$ 25 milhões na abertura do comércio eletrônico. Em Pernambuco, a empresa vai abrir três novas lojas de franquias nos próximos meses, fruto de um investimento de R$ 4,5 milhões e geração de 135 novos empregos, entre diretos e indiretos, no estado. Pelo planejamento, as unidades serão abertas nas cidades de Serra Talhada, Carpina e Santa Cruz do Capibaribe.
 
Operações

A Abys acaba de inaugurar a primeira loja em Pernambuco, no Shopping Guararapes. A empresa, varejista de calçados para toda a família, teve um investimento de R$ 1 milhão e vai gerar 25 empregos diretos e mais de 50 indiretos. O centro de compras também acaba de receber a primeira loja do segmento de maquiagem do Grupo Noah, que atua há sete anos no mercado de roupas e acessórios. Neste caso, o novo projeto tem investimento de R$ 90 mil.