Realidade e sonho na industrialização pernambucana

Alexandre Rands Barros
Economista, PhD pela Universidade de Illinois e presidente do Diario de Pernambuco

Publicação: 11/08/2018 03:00

Desde a época da Sudene, na década de sessenta do século passado, que há o sonho da industrialização pernambucana como o caminho para o desenvolvimento. Entre 1947 e 1960 a participação do PIB industrial de Pernambuco no brasileiro caiu de 4,25% para 2,54%, de acordo com dados do IBGE. O sonho é que esse patamar atingisse pelo menos o mesmo da população, que em 1960 era 5,8% da nacional. Ou seja, haveria muito o que se ...