Bolsonaro minimiza mortes durante ditadura

Publicação: 12/10/2018 03:00

O candidato Jair Bolsonaro, voltou a afirmar ontem, em entrevista à CBN, que não pode se responsabilizar por atos de violência cometidos por eleitores dele. “São 48 milhões de pessoas. Você quer que me responsabilize por elas? Me desculpa, quem levou a facada foi eu. Lamento isso aí (atos de violência). Condenar, condeno sim. Mas não tem porque me responsabilizar por algo que um eleitor meu faz”, disse o candidato.