Direitos atuais não serão afetados Jair Bolsonaro disse que a proposta de reforma administrativa que será enviada não mexe com os atuais disreitos dos servidores, como a estabilidade

Publicação: 14/02/2020 03:00

O presidente Jair Bolsonaro afirmou ontem que deve enviar na próxima semana ao Congresso a proposta de reforma administrativa, após a sinalização de que o texto não seria enviado. Na saída do Palácio da Alvorada, Bolsonaro afirmou ainda que o texto que muda a carreira pública não trará mudanças nos direitos atuais dos servidores, como a estabilidade.

“Está muito tranquila a reforma. Não se...