Supremo pode rever delações Ala do STF quer rediscutir entendimento da Corte que permite que delegados da Polícia Federal fechem acordos de colaboração premiada

Publicação: 15/02/2020 03:00

Uma ala do Supremo Tribunal Federal (STF), mais crítica à Operação Lava-Jato, pretende usar a delação do ex-governador do Rio Sérgio Cabral (MDB) para rever o atual entendimento da Corte, que permite que delegados de polícia fechem acordos de colaboração premiada. A delação firmada entre Cabral e a Polícia Federal é contestada pela Procuradoria-Geral da República (PGR), que entrou nesta seman...