DANIEL SILVEIRA » Ministro vê prisão como um "marco"

Publicação: 23/02/2021 03:00

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes disse ontem que a prisão do deputado federal bolsonarista Daniel Silveira (PSL-RJ) foi um “marco do combate ao extremismo antidemocrático” tanto no STF quanto na Câmara dos Deputados. O parlamentar foi preso após divulgar vídeo com ofensas a ministros da Corte, no qual dizia imaginar os magistrados sendo agredidos na rua.
 
A prisão foi decretada por Moraes no âmbito do inquérito das fake news, que apura informações falsas e ataques a ministros do STF, e foi confirmada por unanimidade no plenário da Corte. A decisão teve que passar, ainda, pela Câmara dos Deputados, na última sexta-feira, e por 364 votos, a Casa manteve a prisão do deputado.
 
As falas de Moraes foram proferidas em um seminário on-line da Fundação Getulio Vargas (FGV) intitulado “Eleições 2022 e Desinformação no Brasil: Riscos e desafios para o processo eleitoral brasileiro no ambiente digital”. No evento, o ministro ressaltou que as redes sociais precisam deixar de ser “terra de ninguém”, reforçando a ideia de que as redes precisam de uma regulamentação.