Visita a Caruaru em meio à crise no MEC Bolsonaro participa hoje à tarde de motociata na cidade e à noite vai estar no Pátio do Forró, em novo aceno ao eleitorado do Nordeste

João Paiva
politica@diariodepernambuco.com.br

Publicação: 23/06/2022 03:00

Na tentativa de reverter sua impopularidade no Nordeste, Jair Bolsonaro (PL) desembarca em Caruaru hoje para cumprir agenda de pré-campanha. O presidente participará de motociata e acompanhará apresentações no São João da cidade, antes de partir para Campina Grande (PB).
 
A chegada de Bolsonaro no Agreste pernambucano está prevista para acontecer no início da tarde. Do aeroporto, o presidente seguirá direto para a concentração da motociata, agendada para as 14h, no Polo Caruaru. Junto aos apoiadores, o presidente deverá fazer um contorno pela cidade e retornar ao ponto de partida. Bolsonaro será acompanhado pelo pré-candidato ao governo do estado, Anderson Ferreira (PL), e por Gilson Machado Neto, ex-ministro do Turismo e pré-candidato do PL ao Senado.
 
Depois da motociata, Bolsonaro deverá seguir para o quartel do Exército da cidade. À noite, o presidente estará presente no Pátio de Eventos Luiz Gonzaga, onde acompanhará os festejos juninos ao lado da sua comitiva. Sanfoneiro, o ex-ministro Gilson se apresentará na ocasião com a banda Forró da Brucelose.

Após passar o dia em Pernambuco, o presidente partirá para Campina Grande, na Paraíba, onde repetirá o roteiro, participando de motociata e acompanhando as apresentações juninas da cidade.
 
A visita de Bolsonaro à região é mais uma tentativa de acenar ao eleitorado nordestino. No último levantamento do Datafolha, divulgado em maio, o ex-presidente Lula (PT) aparece com 62% das intenções de voto entre os eleitores da região, enquanto o atual presidente tem 17%. O Nordeste é a segunda região com o maior número de votantes do país.
 
Em setembro do ano passado, Bolsonaro participou de uma motociata em Pernambuco. O trajeto começou em Santa Cruz do Capibaribe e acabou em Caruaru. No final do mês passado, o presidente também esteve no estado e sobrevoou as áreas atingidas pelas fortes chuvas, na Região Metropolitana do Recife. Na oportunidade, Bolsonaro lamentou as mortes em decorrência de deslizamentos e enchentes, e disse que “infelizmente, essas catástrofes acontecem”.