DIA INTERNACIONAL DO ORGULHO LGBT » Intersexuais ainda lutam por direitos e visibilidade Fim da cirurgia de designação sexual em bebês é uma das reivindicações de quem nasceu com a condição

Marcionila Teixeira
marcionila.Teixeira@diariodepernambuco.com.br

Publicação: 28/06/2018 03:00

Yumi Lee, 22 anos, começou a sentir-se diferente ainda criança. Na escola, era alvo de abusos por ter uma aparência andrógina. Na cabeça dele, funcionava mais ou menos assim: estava em um corpo de menino, mas tinha um rosto de menina. Até os 18 anos, identificou-se como gay. A vida de Yumi virou de cabeça para baixo ao visitar um médico especialista. No consultório, descobriu ser uma pessoa intersexo, também chamada intersexual...