DIARIO NOS BAIRROS » Buiú das galinhas, o menino vencedor A ascensão do comerciante que pedia esmolas aos oito anos para fugir da miséria e que se transformou em referência na feira do bairro de Casa Amarela

Silvia Bessa
silvia.bessa@diariodepernambuco.com.br

Publicação: 14/09/2018 03:00

Na feira de Casa Amarela, o coração pulsante do populoso e tradicional bairro, tem Decinho das flores, Sérgio do Peixe, Marquinhos do fiteiro e Buiú. O garoto que se aboletou há quase três décadas na banca de Vadinho das galinhas e conseguiu, aos 8 anos, empurrado pela pobreza, o seu próprio emprego. Buiú, o menino que pedia esmolas, virou Buiú das galinhas. Do bode, do coelho, do guiné. Uma relíquia de comerciant...