Conde da Boa Vista para pedestres Projeto inclui aumento no número de travessias, alargamento de calçadas e retirada das paradas do meio da via. Haverá ciclofaixas e ruas do entorno

Tânia Passos
tania.passos@diariodepernambuco.com.br

Publicação: 09/11/2018 09:00

O pedestre é o protagonista do novo projeto de requalificação da Avenida Conde da Boa Vista, que terá as obras iniciadas em março de 2019 e prazo de execução de 18 meses, ao custo de R$ 15 milhões dos cofres municipais. O número de travessias na pista passará de cinco para 13. Haverá ilhas de segurança para proteger o pedestre, entre um sentido e outro da avenida, e serão implantadas 15 travessia...