MPF vai apurar ameaças a alunos e professores Procuradoria da República abriu procedimentos cível e criminal para investigar origem de panfleto

Publicação: 09/11/2018 09:00

O Ministério Público Federal instaurou dois procedimentos, um na esfera cível e outro na criminal, para apurar ameaças e insultos contra professores e estudantes do Centro de Filosofia e Ciências Humanas (CFCH) da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), por meio de panfletos apócrifos. Os responsáveis pelas apurações são os procuradores da República Carolina de Gusmão Furtado (cível) e Fábio ...