AQUISIÇÕES » Secretaria de Saúde do Recife responde à Polícia Federal

Publicação: 23/05/2020 03:00

A Delegacia Regional de Investigação e Combate ao Crime Organizado (DRCOR), da Polícia Federal em Pernambuco, oficiou, nesta sexta-feira (22), a Secretaria de Saúde do Recife para que sejam apresentadas, em até cinco dias, documentações sobre a aquisição de equipamentos usados no combate à Covid-19, como máscaras cirúrgicas, toucas, aventais descartáveis e cama hospitalar, depois da dispensa de licitação acima do valor de R$ 15 milhões.

A Secretaria de Saúde do Recife respondeu, em nota à imprensa, que não houve qualquer tipo de operação da Polícia Federal na sede da prefeitura. “Em relação às informações solicitadas pela Polícia Federal, a secretaria esclarece que os contratos de fornecimento de camas, máscaras, aventais e toucas com a empresa Delta Med cumprem toda legislação e que os preços praticados estão de acordo com o mercado”, informou.

De acordo com a Secretaria de Saúde do Recife, a empresa está fazendo as entregas conforme cronograma pactuado. “As informações (solicitadas pela PF) serão enviadas no prazo estabelecido no pedido de informações (cinco dias). Antes mesmo de receber o ofício, a prefeitura já havia enviado desde abril, por decisão própria, os processos para o Tribunal de Contas do Estado, assim como está fazendo com todos os processos de aquisição da Covid-19”, esclareceu o órgão municipal.

Policiais federais realizaram diligência na sede da empresa, localizada na Imbiribeira, Zona Sul do Recife, para verificar “seu efetivo funcionamento e regularidade da entrega dos bens adquiridos”.