Turma de medicina cola grau virtual Os 44 formandos da primeira turma do curso da Unicap tiveram a colação antecipada em dois meses devido à pandemia. A turma teve início em 2014

Vitor Aguiar
Especial para o Diario
vitor.aguiar@diariodepernambuco.com.br

Publicação: 23/05/2020 03:00

Na manhã da sexta-feira, 44 estudantes tiveram uma experiência diferente. Após quase seis anos na Universidade Católica de Pernambuco (Unicap), os formandos da primeira turma de medicina da instituição compareceram, de maneira virtual, à própria colação de grau, antecipada em cerca de dois meses. Essa também foi a primeira colação de grau inteiramente on-line na história da universidade jesuíta.

O curso de medicina foi iniciado na Unicap no segundo semestre de 2014 e a Turma 01 tinha conclusão prevista para o próximo mês de julho. Com a decisão do Ministério da Educação, autorizando a antecipação da formatura de profissionais de saúde, visando reforçar o combate à pandemia da Covid-19. Apesar da antecipação, a carga horária do curso foi inteiramente cumprida, como explicou a nova médica e oradora da turma, Hanna Catarina Alves.

“Nossa colação de grau, antes da pandemia, estava sendo avaliada para acontecer no mês de julho. O mês de junho seria para o término do Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) da gente. Nosso curso não foi antecipado porque cumprimos a carga horária em 100%, mas o que antecipamos foi o TCC, nós corremos com ele antes do tempo previsto que tínhamos separado, que era junho, e fizemos ele já no início de maio, de modo que, no mês de junho, nós pudéssemos colar grau”.

Em pouco mais de duas horas, o evento buscou se aproximar da liturgia tradicional das colações de grau. Através da plataforma Google Meet, aconteceram o juramento de Hipócrates, o discurso da oradora da turma, aula da saudade - ministrada pelo professor Moab Aciolli -, além de apresentações musicais do grupo MPB Unicap e do cantor Geraldinho Lins. O evento também teve transmissão ao vivo através do Facebook da Unicap.

A primeira oradora de uma turma de medicina da Unicap também falou sobre como os formandos receberam a notícia da antecipação da colação. “Foi uma surpresa para todos, que diante dessa situação de pandemia seria necessário um maior aporte de médicos e com isso a necessidade de realizar essa antecipação. De início, ficamos temerosos pela responsabilidade que estaria em nossas mãos, mas sabemos que nossa formação tinha nos preparado para lidar com vários contextos e, de certa forma, nos sentimos preparados para atuar junto na linha de frente. Hoje nos encontramos felizes e gratos pela realização dessa conquista”.

Convidada à solenidade, a vice-governadora de Pernambuco, Luciana Santos (PC do B), falou sobre a importância da medicina neste momento. “Em momentos como este, precisamos reafirmar o óbvio, porque vivemos tempos de obscurantismo, de negacionismo da ciência e fico feliz pela decisão sábia da Católica em antecipar a formatura, ainda que nesses termos, on-line. E eu fiz questão de participar, mesmo agora estando confirmada com a Covid, mas assintomática, não poderia deixar de parabenizar, não só a Católica, mas todos os formandos e formandas”.