PANDEMIA » Estado ultrapassa marca de 400 mil testes para detectar a Covid-19

Publicação: 16/09/2020 03:00

O governo de Pernambuco, por meio da Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE), ultrapassou ontem a marca dos 400 mil testes realizados de Covid-19. Ao todo, foram 403.807 procedimentos, entre exames de biologia molecular (RT-PCR), sorologias e testes rápidos. Somente entre os exames do tipo RT-PCR, considerado padrão-ouro por ser mais sensível e detectar a atividade viral em sua fase mais aguda, o Estado subiu para a 4ª posição entre os estados brasileiros no número de exames realizados, segundo levantamento publicado na Plataforma Integrada de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde.

Para o governador Paulo Câmara, a testagem, que pôde ser acelerada com a aquisição de equipamentos para o Laboratório Central de Pernambuco (Lacen), tem um papel fundamental no enfrentamento à pandemia da Covid-19. “Quando adquiriu mais maquinários, Pernambuco saiu na frente, mais uma vez. Aumentamos a capacidade de testagem em quatro vezes, dando mais qualidade ao processo. Dessa forma, podemos nos preparar melhor para o futuro”, afirmou Paulo Câmara.

O secretário de Saúde, André Longo, destacou também a ampliação da testagem, anunciada na última semana, para pessoas que tiveram contato domiciliar com casos confirmados da doença. Em Pernambuco, o Lacen tem capacidade diária para processar três mil exames de RT-PCR. Segundo Longo, em fevereiro, a título comparativo, o Brasil tinha a capacidade de fazer apenas 2,7 mil exames por dia. “A massificação da testagem, que sempre foi uma das prioridades do governo de Pernambuco no enfrentamento e processo de convivência com a doença, amplia o monitoramento e também o controle da transmissão”, disse o secretário.

No boletim epidemiológico de ontem, a SES-PE registrou 1.016 novos casos da Covid-19. Agora, Pernambuco totaliza 137.869 diagnósticos, sendo 25.877 graves e 111.992 leves. Além disso, o boletim registra um total de 119.554 pacientes recuperados da doença. Também foram confirmados laboratorialmente 26 óbitos (sendo 14 do sexo masculino e 12 do feminino). Com isso, o estado totaliza 7.914 mortes pela doença.