Levando alimentos a quem tem fome ONG Anjos da Noite distribui comida todos os dias e atende cerca de 350 pessoas. Sociedade pode ajudar com trabalho voluntário e doações

ANA CAROLINA GUERRA
ESPECIAL PARA O DIARIO
carol.guerra@diariodepernambuco.com.br

Publicação: 16/09/2020 03:00

Ajudar o próximo se tornou parte do dia a dia de Conceição Rodrigues há 15 anos, quando iniciou o seu projeto de assistência para pessoas em situação de rua. Apesar da rotina corrida, hoje diferenciada devido à pandemia do coronavírus, a ONG Anjos da Noite se compromete de domingo a domingo a oferecer refeições àqueles que têm fome.

Hoje, com a participação de cerca de 50 voluntários, o grupo se reveza diariamente para atender, em média, 350 pessoas. De segunda a sábado, a ONG, que se organiza em frente à Igreja Santa Cecília, no bairro da Boa Vista, distribui marmitas a partir das 19h. Aos domingos, o grupo se reúne às 11h e distribui almoço, sobremesa e lanche.

Além da doação de alimentos, na primeira sexta-feira de cada mês, o grupo realiza a entrega de kits de higiene e oferece serviços como corte de cabelo e atendimento médico básico. Na terceira sexta-feira mensal os voluntários se distribuem em frente à igreja Santa Cecília e no Hospital da Restauração, área central do Recife, para entregar as marmitas para os acompanhantes dos pacientes que se encontram no local.

Apesar da grande rede de apoio, a Anjos da Noite tem dificuldades para transportar o material de doação. “No início da pandemia uma pessoa me procurou para emprestar o carro da empresa, enquanto a mesma estava parada. Mas, com a retomada das atividades, precisaram do carro de volta e agora ficamos mais uma vez sem ter como nos deslocar. Desde então, criamos uma vaquinha para arrecadar dinheiro e tentar adquirir um veículo”, explica Conceição.

Adaptação

A ONG, que se mantém 100% através de doações, enfrenta dificuldades, mas se reinventa pela causa e conta com apoio. “As pessoas que quiserem se voluntariar são muito bem-vindas. É só chegar a um dos locais que fazemos as entregas ou acessar o nosso site. Tenho certeza que o voluntário, quando faz um trabalho como esse, ganha mais do que as pessoas que recebem o alimento. Aqueles que não se sentem à vontade em participar fisicamente podem ajudar divulgando o trabalho, doando alimentos, material de higiene pessoal, e principalmente material descartável. Quem puder fazer uma contribuição em dinheiro, também agradecemos bastante”, destacou Conceição.

Os alimentos podem ser entregues nos locais de ação da ONG, ou em sua sede, localizada na Rua da Borboleta, 23, Jardim Fragoso, das 7h às 19h. Já o link para doações em dinheiro e inscrições para voluntariado é https://linktr.ee/anjosdanoite.