Zoo reabre ao público com novos animais Parque de Dois Irmãos retoma visitação após um ano e meio fechado. É preciso levar água e comida, pois não há mais comerciantes dentro da reserva

Publicação: 13/10/2021 03:00

Os pernambucanos e turistas poderão frequentar novamente o Parque de Dois Irmãos, na Zona Norte do Recife, a partir de hoje. O espaço, que estava fechado desde março do ano passado, por causa da pandemia, reabre em meio a uma reformulação de suas atividades. Animais exóticos, típicos de outros países e continentes, estão sendo substituídos por bichos silvestres da fauna local, sobretudo da Mata Alântica.

O parque também está em processo de cessão para ser gerido pela iniciativa privada, num plano que prevê investimentos de R$ 615 milhões na implantação de melhorias e novas atrações para o público, além da geração de 175 novos empregos diretos. A passagem de bastão está sendo planejada pelo governo do estado e Banco Nacional de Desenvolvimento (BNDES). Em setembro foi realizada uma audiência virtual aberta ao público, visando colher sugestões ao projeto. A empresa que ficará responsável pelo parque ainda será escolhida.

A reserva, administrada pela Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Sustentabilidade, é composta por um santuário de Mata Atlântica e pelo Zoológico do Recife. O retorno dos visitantes acontece de forma gradual. Neste primeiro momento, o espaço receberá até três mil visitantes por dia, de quarta-feira a domingo, exceto feriados. “Neste reencontro, o público também verá o local numa nova perspectiva, pois se tornou uma instituição conservacionista voltada aos cuidados com a biodiversidade nativa”, disse a secretaria, em comunicado à imprensa.

“Vamos reiniciar as atividades de visitação depois de um ano meio fechado para proteger a vida dos visitantes e dos animais. Agora, temos mais pessoas vacinadas e estabelecemos um protocolo. Então, é hora de acabar com essa saudade. Preparamos tudo para que o reencontro do público com essa área verde e com os animais seja o melhor possível, que seja uma ótima experiência de educação ambiental”, disse o secretário José Bertotti. Segundo ele, o equipamento passou por uma série de serviços de manutenção, como jardinagem, paisagismo, melhorias estruturais em mais de 30 recintos, pintura, instalação de novos bancos e reforma dos banheiros, entre outras iniciativas.

Nessa primeira fase da reabertura, o público vai percorrer o equipamento desde a entrada até o açude. Com o novo propósito do zoológico em focar suas ações conservacionistas na fauna nativa, os visitantes vão encontrar mais animais originários da Caatinga e da Mata Atlântica na área de exposição. Ao todo, o zoo ganhou cerca de 30 novos moradores e, ao passear pelas alamedas, as pessoas verão novatos e veteranos nas áreas das aves, dos répteis (jacarés, iguanas, etc), serpentário, e pequenos mamíferos (jaguatirica, tamanduá-bandeira, guaxinim, furão e mais).

Além disso, as famílias poderão desfrutar do parque infantil localizado às margens do Açude de Dois Irmãos e de várias áreas de contemplação. Quem for ao parque deve levar lanche e água, pois não há comércio dentro equipamento. Para acessar as dependências, é obrigatório o uso de máscaras, assim como manter o distanciamento durante o passeio. Placas informativas do protocolo de segurança e totens com álcool em gel foram colocados ao longo do equipamento para reforçar a mensagem sobre os cuidados necessários para evitar a disseminação da Covid-19.

O parque abrirá das 9h às 15h, com entrada a R$ 5 (R$ 2,50 na meia). Também será possível agendar trilhas para conhecer a natureza da reserva.