Quase que uma fábula da guerra Nos vemos no paraíso trata de uma questão pesada de forma bem-humorada, quase fabulatória

Mariana Peixoto
edviver@diariodepernambuco.com.br

Publicação: 12/07/2018 03:00

As cicatrizes de guerra – literais e metafóricas – são o tema de Nos vemos no paraíso, que estreia hoje, no Cinema São Luiz. Vencedor de cinco prêmios César neste ano – direção, figurino, roteiro adaptado, fotografia e cenário –, o filme dirigido, roteirizado e protagonizado por Albert Dupontel trata de uma questão pesada de forma bem-humorada, quase fabulatória.

A comédia dram&a...