Incentivo para os técnicos de som O curso Do terreiro para o mundo: aperfeiçoamento para técnicos da cultura popular está com inscrições abertas para ajudar a aliviar a crise no setor

Publicação: 19/01/2022 03:00

O curso Do terreiro para o mundo: aperfeiçoamento para técnicos da cultura popular oferecerá qualificação para profissionais técnicos de som integrantes de grupos tradicionais da cultura popular. A formação envolve ensinamentos teóricos e práticos sobre o setor, com amplo acesso à tecnologia e aos equipamentos de som.

Dos 25 alunos selecionados, 20 serão contemplados com uma bolsa de estudos de R$ 5 mil, com intuito de promover renda e mitigar os graves e contínuos impactos da pandemia da Covid-19 no campo da cultura.  A iniciativa é coordenada por Diogo Lopes, músico, produtor fonográfico e pesquisador na área de tecnologia e cultura popular, ao lado de Renato Barros, produtor fonográfico e técnico de som.  

As aulas serão divididas em nove encontros, passando por temas como teoria do som e dos microfones, sistemas de som, técnicas avançadas de microfonação de instrumentos, técnicas de mixagem e gravação avançada, prática de sonorização e gravação. Cada uma será ministrada por diferentes professores com ampla experiência na área de som.

As inscrições podem ser feitas até o dia 21 de janeiro, através do formulário disponibilizado em link no site do Diario, na aba do Viver. As aulas começam no próximo dia 25, realizadas de segunda a sexta, das 14h às 18h, no Espaço Cultural Casarão, no Centro do Recife.

INCLUSÃO
As bolsas contam com políticas afirmativas, com 50% delas voltadas para mulheres, pessoas pretas, pardas ou indígenas, pessoas com deficiência, idosos e pessoas trans, travesti, não binária ou com outra variabilidade de gênero, sem identidade de gênero ou com condição específica.