100 ANOS RáDIO CLUBE » Coronel Ludugero, a sátira política Na Rádio Clube, o caruaruense Luiz Jacinto começou a carreira cômica de sucesso que fascinou o Brasil; trajetória dele foi interrompida por morte trágica

Silvia Bessa
silvia.bessa@diariodepernambuco.com.br

Publicação: 08/10/2018 03:00

Coronel Ludugero mandava e desmandava. Se não fosse como ele queria, resolvia a pendenga com a autoridade que tinha como fazendeiro rico e o prestígio conquistado à base de um revólver no cós da calça, coberto por um paletó em tom claro. Se precisasse de ajuda para fazer valer sua vontade, coronel Ludugero convocava os seus conhecidos “puxa-sacos”, maltratados perante o povão, como acontecia com o coitado do secretário pa...