Pelo direito de dirigir a prpria vida Em um reino ultraconservador governado por uma verso rigorosa do Isl, sauditas ganham mais liberdade aos poucos

Anuj CHOPRA
DA AGNCIA FRANCE-PRESSE

Publicao: 17/03/2018 03:00

Mervat Bukhari, uma batalhadora com niqab, teve que enfrentar zombarias e insultos para se tornar a primeira mulher saudita empregada em um posto de gasolina, algo inimaginável há pouco tempo. Ela simboliza a evolução do status das mulheres sauditas, que em poucos meses obtiveram mais direitos do que em várias décadas: o de dirigir a partir de junho, assistir a jogos de futebol e ser empregadas em serviços até agora reservados aos homens. E...