DECORAÇÂO

Projetando, tudo cabe Móveis planejados: as peças que podem dialogar e se encaixar em todo os ambientes

Gabriela Bento
Especial para o Diario
gabriela.bento@diariodepernambuco.com.br

Publicação: 04/11/2017 03:00

Se você pretende investir em móveis e não tem muito espaço na sua casa ou está em busca de uma mobília mais duradoura e resistente, os planejados podem ser uma solução. Sob medida, os espaços ou os móveis não vão sobrar, nem faltar. Para quem opta pelos planejados pela qualidade, aqueles problemas de nivelamento e pequenos defeitos nos móveis que muitas vezes vinham do processo artesanal da marcenaria, hoje são quase inexistentes com a automação. A vasta possibilidade de acabamentos também chama a atenção, além do pós-venda que garante anos de assistência e até garantia.
Uma das vantagens de recorrer aos móveis planejados é a possibilidades de transformar lugares muito pequenos. A arquiteta Marylia Nogueira teve um desafio na CasaCor deste ano. Ela recebeu um local de apenas 27m2 para transformar em loft. Aceitando o desafio, ela fechou parceria com a Evviva e resolveu problema: a equipe apostou nos planejados para criar, neste pequeno ambiente, estar, cozinha, jantar, quarto e banheiro funcionais, modernos e confortáveis.
Apesar do grande trabalho, Marylia ficou feliz com o resultado. “Foi muito bacana realizar esse projeto, sempre pego ambientes grandes, esse foi um mesmo um grande desafio. Eu quis resolver colocando tudo que um loft precisa e consegui”, comemora.
Mesmo que a sua casa não seja tão pequena, os móveis planejados ainda podem ser uma boa opção: as peças surgem com propostas exclusivas que são feitas para durar anos. Para a empresária e proprietária da Evviva, Janaina Marques, a alternativa pode ter o seu jeito. “Os projetos são únicos, cada casa e cada cliente tem o seu”, confirma.
De acordo com Janaina, além da boa qualidade, optar por móveis planejados de lojas é mais seguro, pois ainda oferecem garantia. “O pós-venda faz diferença. As peças têm cinco anos de garantia”, afirma. Para o gerente comercial da Casa Design, o atendimento diferenciado e a exclusividade são as chaves do negócio. “A sua casa será única, não existe um padrão. Os móveis podem se alinhar a qualquer ambiente”, explica.
A advogada Bruna Torres procurou o serviço pela durabilidade e segurança para evitar contratempos. “Muitas pessoas que eu conheço tiveram problema com marceneiros, alguns somem. Na loja eu tenho garantia e tenho como cobrar”, afirma. O projeto da casa da advogada foi realizado pela arquiteta Renata Paraíso, que apostou nos detalhes e explorou todos os ambientes. “Todos os móveis foram planejados. Colocamos laca nos ambientes de mais destaque, na sala e no escritório, e um material mais resistente na mobília que são mais utilizadas, na cozinha”, conta.  Segundo Bruna, o resultado foi melhor do que o esperado. “Os móveis projetados foram reproduzidos 100%. Saiu tudo perfeito”, celebra.
Já popularizados, os móveis planejado estão presentes em muitas casa recifenses. De acordo com a arquiteta Renata Paraíso, sócia da Poligonus Arquitetura, a alta procura deve-se à qualidade tanto dos materiais quanto do serviço. “É difícil trabalhar com marcenaria, é um serviço praticamente manual. Nos projetos de móveis planejados, é tudo automatizado”, explica. Os erros de fabricação e de acabamento quase não aparecem mais. “A laca é uma pintura automotiva e de forma artesanal é complicado acertar, deixar perfeito”, conclui.