LUGAR CERTO

Você pode tornar a sua casa sustentável Residências mais verdes estão se tornando uma tendência necessária

Publicação: 16/11/2017 03:00

Pode até parecer complicado, mas uma casa sustentável não exige grandes projetos e sim disposição do morador. Lixeiras para cada tipo de dejeto, consumir apenas o necessário, rotina para algumas atividades e valorizar o que tem e quem faz pode trazer benefícios tanto para a natureza, quanto para você: as contas de energia, água e mercado podem diminuir e muito. Então, fique atento e faça a sua parte!
A professora de inglês Luciana Frazão é adepta há algum tempo e procura deixar o seu cantinho cada dia mais “verde”. “Eu sempre economizei energia, água e reciclei e separei o lixo. Gosto e acho importante”, explica. No prédio em que a professora mora, já é comum e todos participam. “A gente tem dois lixeiros em casa, um para lixo orgânico e outro para reciclável. No hall também tem”, complementa.
Pequenas atitudes podem salvar as suas contas e o planeta. Luciana já utiliza algumas delas. “Tento sempre fechar a torneira enquanto escovo os dentes, apago as luzes quando não tem ninguém no ambiente, não deixo nada plugado na tomada ou ligado se não estiver em uso”, conclui. Para você também evitar desperdícios, confira outra dicas:
1) Consuma apenas o necessário - Se reparar, é provável que você utilize muito mais do que precisa. A água é necessária para todo o planeta, porém é escassa. Há equipamentos que podem te auxiliar na economia, como torneira e chuveiros que misturam a água com ar, mas fechar o registro sempre que a água não é necessária será sempre importante. A energia também pode ser controlada, assim como aqueles alimentos que você compra a mais e que acabam estragando. Consumo consciente importa.
2) Garanta uma rotina de reciclagem -  Que nem todo lixo é reaproveitável, disso você já sabe. Mas as cascas dos legumes que talvez você dispense são reutilizáveis, sabia? As sua plantas vão amar. Além disso, separe os plásticos e todos os materiais que possam ser reutilizados. Outro ponto que é preciso se preocupar é o descarte adequado do lixo. Pilhas e baterias precisam de um destino específico. Uma casa “verde” tem uma lixeira para cada tipo de dejeto.  
3) Faça boas escolhas - Temos opções eco friendly no mercado, que garantem uma casa mais sustentável. É possível encontrar até tintas que não agridem tanto o meio ambiente. Defina as suas prioridades e evite desperdícios, é importante conhecer e valorizar o que tem e quem fez. Na rotina, é possível ainda fazer escolhas mais sustentáveis como irrigar as plantas à noite, reutilizar a água da chuva ou preferir utilizar a luz do dia para realizar projetos.