VRUM

Carro limpo, mente consciente Lavar o carro é uma atitude de conscientização sobre o uso da água e também economia para o bolso dos motoristas

Thamires lima
Especial para o diario
thamires.lima@diariodepernambuco.com.br

Publicação: 23/03/2017 09:00

O hábito de passar horas lavando o carro usando uma mangueira está ficando para trás. Segundo estudos, uma lavagem com a mangueira chega a gastar 500 litros de água. Já com a utilização do balde, esse número cai para 20 litros. Com o pensamento de economizar, as pessoas estão apostando em outras formas de manter o carro limpo sem pesar no bolso e nem prejudicar o meio ambiente. Ontem, o Dia Mundial da Água, 22 de março, foi “ecologicamente” comemorado por alguns motoristas que entendem a importância desse recurso.

A reutilização da água é um estilo de vida para o eletrotécnico Roberto Bento, 51 anos. “Tenho o costume de aproveitar as coisas que normalmente são jogadas no lixo como potes de margarina e garrafas pet. Utilizo a água da máquina de lavar roupas para limpar os pneus do carro e agora estou armazenando água da chuva que serve para lavar o carro, regar as plantas e lavar a calçada. Com isso, tenho economia de 20%”. A prática do não-desperdício está presente desde o ambiente de trabalho até o familiar. “É importante mostrar para as pessoas que existem formas de economizar em qualquer espaço. Por exemplo, minha filha Suzane, 28, sempre lava o carro dela reutilizando água porque me viu fazendo isso”, conclui.

Há dois meses Kayque Almeida, 23 anos, mudou totalmente a forma de lavar o carro. O recém-motorista do Uber tem o costume de lavar o veículo todos os dias e encontrou uma forma de gastar menos água. “Percebi que a água que saía do ar-condicionado era a quantidade que eu precisava para lavar o carro, então comecei a deixar o balde armazenando água durante a noite”, conta.  A diferença aconteceu nos primeiros dias. “Vi que eu gastava muito mais gastando água da torneira, afirma Kayque.

As empresas especializadas em lavagem de carro também apostaram em outras alternativas para economizar água. Desde os anos 1990 que a lavagem a seco surgiu no Brasil, utilizando-se apenas produtos neutros e logo após chegou a lavagem ecológica, usando metade da água que outros lava-jatos usam. A Top Wash  está no mercado desde 2004 e é um exemplo de lava-jato que faz serviços sustentáveis. “Começamos em São Paulo e trouxemos para Recife o conceito ecológico de lavagem tanto com trabalho manual de lavagem a seco, quanto com equipamentos que utilizam apenas 4,5 litros de água. Isso coopera para o meio ambiente e economiza bastante água”, conclui.

Lave de forma correta
  • Estacione o carro em um ambiente sombreado para que o veículo não esquente e não perca água por evaporação ou estacione em um local gramado, assim a água poderá escoar no solo, favorecendo a infiltração da água
  • Use balde ou borrifador de água
  • Use detergente biodegradável ou cera líquida
  • Passe o pano úmido primeiro nas sujeiras maiores para melhorar limpeza
  • Faça a lavagem de cima para baixo, assim a água atinge as partes mais baixas do carro
Serviço

Top Wash
Onde: Estrada das Ubaias, 758 – Casa Forte
Fone: 3059-3514

Lava-Jato Ecológico Fafire
Onde: Av. Conde da Boa Vista, 921
Fone: 081 909979-3270

DRYJET Franchising - Franquia de Lavagem Ecológica de Veículos
Onde: Rua Barão de São Borja, 62 - Boa Vista
Fone: 3326-1758